Foco

Cybercrime: Como posso me proteger?

Você já viu a palavra “cybercrime” nas notícias, ou ouviu palavras como “phishing” ou “malware.” Mesmo se você não souber muita coisa sobre estes termos, eles representam ameaças reais para a comunidade global on-line.

Você pode se manter seguro em relação ao cybercrime sabendo como os criminosos estão usando as informações obtidas, e as formas de evitar se tornar uma vítima. Leia adiante para saber todos os fatos que você precisa para ficar protegido.

1. Quem são os cybercriminosos na internet?

“Cybercrime” se tornou uma palavra-chave na mídia nos últimos anos. Você a escuta o tempo todo, mas o que realmente ela significa? Cybercrime é simplesmente qualquer crime cometido com um aspecto “virtual” ("cyber") nele. Isso pode ocorrer por meio de um dispositivo de rede, computador ou um hardware como um drive flash USB. O computador, rede ou dispositivo pode ser o alvo de um crime, ou mesmo aquele causando o crime. O crime pode ser cometido por meio destas formas, mas também pode se estender a outros locais.

Se alguém for vítima de um cybercrime, como suas informações pessoais são usadas e por quem?
Você pode não estar ciente disso, mas existem muitos grupos ilegais secretos na Internet. Estas comunidades contêm murais, ou fóruns que permitem que criminosos façam contato uns com os outros e comuniquem que possuem informações para vender.

Os criminosos se encontram nestes murais, e então usam o e-mail ou sistema de mensagens instantâneas para trocar informações como números de cartões de crédito, listas de endereço de e-mail, informações de contas bancárias e muito mais. Algumas vezes estes tipos de murais podem conter informações para que potenciais criminosos aprendam como cometer cybercrimes!

Podem não haver muitas maneiras de impedir a formação deste tipo de comunidades ilegais, mas existem maneiras para você impedir que as suas informações sejam roubadas e vendidas. A próxima seção detalha com o que você deve estar atento.

2. Tipos de cybercrime: Phishing, spyware e malware

> Phishing é uma forma muito comum dos criminosos cometerem cybercrimes. Phishing é uma cilada para roubar o seu nome de usuário on-line e senha. Os ataques de Phishing funcionam ao enganar você para que digite o seu nome de usuário e senha em um site falso que pareça com o do seu banco, sua corretora ou empregador.

> Spyware e malware (software malicioso) são outras palavras com as quais você deve se familiarizar. Estes são programas maliciosos que alguém consegue infiltrar em seu computador. O que eles fazem varia desde algo realmente incômodo, como alimentar seu computador com um fluxo constante de anúncios, até muito perigoso, como roubar seus números de contas, nomes de usuário e/ou senhas à medida que você os digita - chamado de registro de teclas (keylogging). O Malware pode redirecionar o seu navegador para um site de phishing quando você tenta ir até o site do seu banco, ou mesmo deixar alguém invadir de forma remota o seu computador.

Mas como o spyware e malware entram em seu computador? Geralmente eles são instalados juntamente com alguma outra coisa que você está obtendo de forma "gratuita" na Internet. Você pensa que está instalando alguma coisa inocente e útil, como uma barra de ferramentas, tocador de mídia ou codificador, ou uma ferramenta de pesquisa de arquivos. O problema é que você também obtém o malware, sem saber. Assinaturas de serviços on-line também podem ser uma fonte de malware.

> Tendências esperadas para 2010:
De 2002 a 2008, aconteceu um aumento de 200 por cento em atividade maliciosa na Internet, e as ameaças devem crescer. Somente em 2009, a Symantec descobriu 1 milhão de novas ameaças (variantes de vírus e worms, vulnerabilidades, variantes de múltiplos malware etc) que teve que solucionar e espera que este número aumente para 3 milhões até o final de 2010.*

Estas novas ameaças devem migrar para novas áreas também. Quanto mais pessoas usam sites de mídia social e aplicativos de celulares para se comunicar e fazer transações, mais os criminosos vão querer aproveitar estas atividades. Sites de mídia social como o Facebook e Myspace estão tentando se adiantar aos criminosos ao instituir novas e mais restritas políticas de privacidade para seus membros. Os governos também estão se envolvendo. Nos Estados Unidos, o Presidente Obama recentemente nomeou uma autoridade com o único objetivo de lidar com o cybercrime e conscientização e educação de cybersegurança, enquanto o Reino Unido tem um escritório do governo dedicado à cybersegurança (o UK Office of Cyber Security).

Apesar de ser verdade que o crime on-line acontece a cada um quarto de segundo e uma em cinco pessoas será vítima de cybercrime ou roubo de identidade, existem muitas maneiras de você se proteger para não fazer parte destas estatísticas. Leia a próxima seção para saber como você pode se proteger.

*Fonte: Symantec


3. Proteja-se contra o cybercrime

A Internet pode ser segura. Tenha em mente, virtualmente todos os negócios e agências governamentais usam a Internet, frequentemente para visualizar informações altamente confidenciais e valiosas. Nenhuma destas ações poderia acontecer sem segurança na Internet. Mas depende de cada indivíduo e organização tomar as medidas apropriadas, e usar as tecnologias modernas disponíveis, para tornar a sua experiência pessoal com a Internet tão segura quanto possível.

A maneira mais importante para proteger as suas informações pessoais de serem comprometidas pelo cybercrime é proteger o seu computador. Use sempre um firewall. Além disso, sempre use um ou dois programas antispyware além do seu software antivírus, e os mantenha atualizados.

Além de proteger o seu computador, você pode agir para proteger-se também. Primeiro, não responda um e-mail ou mensagem pop-up que solicite informações pessoais ou financeiras, e não clique em links na mensagem. Se desejar acessar um site de banco ou de negócio, digite você mesmo o endereço de Internet em seu navegador, e se precisar contatar uma organização com a qual você mantém negócios, ligue para o número nas demonstrações financeiras dela.

Um mecanismo final de proteção a ser considerado - algum tipo de dispositivo de segurança pessoal separado de seu PC que seja parte de seu processo de login para com os sites da Internet que você usa. Este pode ser um cartão ou token USB que use tecnologia de cartão inteligente para identificá-lo de forma segura e assegurar que você está acessando o site real.


Resumindo Cinco coisas para lembrar sobre o cybercrime
• Cybercrime é qualquer crime cometido que tenha um aspecto "virtual" – isso pode acontecer com um computador, dispositivo, ou em uma rede.
• Os ataques de Phishing funcionam ao enganar você para que digite o seu nome de usuário e senha em um site falso que pareça com o do seu banco, sua corretora ou empregador.
• Malware e spyware podem executar ações perigosas, como roubar seus números de conta, nomes de usuários e/ou senhas à medida que você os digita - isso é chamado "keylogging".
• A maneira mais importante para proteger as suas informações pessoais de serem comprometidas pelo cybercrime é proteger o seu computador com um firewall, antivírus e antispyware.
• Cartões ou tokens USB que usem tecnologia de cartões inteligentes podem ser usados para identificá-lo de forma segura e assegurar que você está acessando o site real da Internet.


Para mais informações, ver:
A Internet é segura?
Se a Internet é segura, por que existem problemas de segurança na Internet?
Para quem posso reportar crimes on-line na Internet?
Como posso proteger minha identidade digital na Internet?
Qual é a melhor maneira de impedir o phishing?
Como posso prevenir spyware e malware?
Visitas: 
2708
  • Comentar
  • Comentários [1]

Comentar

CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.

Não há comentários.


Conteúdo relacionado


Dicas [0]

Sem resultados estão disponíveis com estes critérios.

Notícia [0]

Sem resultados estão disponíveis com estes critérios.

Foco [0]

Sem resultados estão disponíveis com estes critérios.


Se você não encontrara resposta que você está procurando...

Faça sua pergunta