Foco

Computação em Nuvem e Segurança

Parte 1: O que é computação em nuvem?

Existe uma possibilidade de você já ter ouvido falar sobre a computação em nuvem e, talvez, você esteja até mesmo usando (mesmo que você não perceba!).
Nesse artigo dividido em duas partes, vamos detalhar a computação em nuvem, como se armazena e se protege as informações nesse modelo.
O que é computação em nuvem?
A computação em nuvem vem ganhando cada vez mais espaço na mídia, mas o assunto é tão novo que precisa ser esclarecido.
Um estudo recente da empresa de pesquisas de mercado the NDP Group concluiu que somente 22% dos consumidores norte-americanos estão familiarizados com o termo computação em nuvem.
Apesar dos consumidores não conhecerem o termo, eles, como uma amostragem da população mundial, utilizam ou estarão utilizando a computação em nuvem. O NDP Group concluiu que mais de três quartos dos entrevistados nos Estados Unidos já havia utilizado um serviço em nuvem nos últimos 12 meses.
Números à parte, o conceito é muito mais simples do que o nome – Computação em Nuvem – sugere.
Quando você põe suas informações nos sites de redes sociais, por exemplo, já está armazenando suas informações no conceito de nuvem.
Quando você guarda música, fotos, e-mail e documentos na internet,é computação em nuvem.
Simples, certo?
Então, muitas das atividades que fazem com que uma pessoa armazene informações na web ao invés de armazenar apenas em seu próprio computador ou servidor, pode-se considerar que elas estão na nuvem.
Simples, certo?
Para não ter sombra de dúvidas, aqui estão alguns exemplos de atividades de computação em nuvem a que você pode se dedicar regularmente:

- Utilizar um provedor de e-mail da internet, tal como Gmail
- Acessar arquivos de trabalho e softwares por meio de um portal da web
- Fazer o upload de imagens no Twitpics para compartilhar fotos no Twitter, ou carregar um vídeo no Facebook
- Carregar músicas para um serviço como o Spotify
- Colaborar com amigos ou colegas usando o Google Docs
- Acessar seu e-mail baseado na web a partir de um dispositivo móvel, como o tablet ou telefone
- Carregar suas fotos em sites de compartilhamento de fotos, como o Flickr
- Guardar seus arquivos on-line com um serviço como Dropbox

Benefícios do modelo
A computação em nuvem é muito conveniente porque possibilita que você acesse seus dados e serviços a partir de qualquer computador, tablet ou smartphone, a qualquer hora.
Para as empresas, armazenar dados na nuvem com um provedor pode ser considerado mais eficiente em termos de custo.
Agora que você sabe o que é nuvem, pode estar se perguntando: Onde está a nuvem?
Pelo mundo inteiro.
A nuvem é composta por inúmeros servidores, chamados, às vezes, de fazenda de servidores ou cluster de servidores.
Cada empresa que oferece um serviço na web detém servidores para armazenar dados.
A Time Magazine, por exemplo, ofereceu recentemente aos leitores uma espiadela na fazenda de servidores do Facebook, que possui dezenas de milhares de servidores.
Se você estiver se ocupando de atividades em nuvem, você está colocando um alto nível de confiança nos provedores de nuvem para manter suas informações seguras e confidenciais. A segunda parte deste artigo responde à pergunta: “A computação em nuvem é segura?” Fique ligado!
Leia na próxima semana a segunda parte do Focus Especial – Computação em Nuvem
Visitas: 
1511
  • Comentar
  • Comentários [0]

Comentar

CAPTCHA
Esse desafio é para nos certificar que você é um visitante humano e serve para evitar que envios sejam realizados por scripts automatizados de SPAM.
CAPTCHA de imagem
Digite o texto exibido na imagem.

Não há comentários.


Conteúdo relacionado


Dicas [0]

Sem resultados estão disponíveis com estes critérios.

Notícia [0]

Sem resultados estão disponíveis com estes critérios.

Foco [0]

Sem resultados estão disponíveis com estes critérios.


Se você não encontrara resposta que você está procurando...

Faça sua pergunta